Cerca de 120 mototaxistas do município de Arapiraca estiveram no final da manhã desta quarta-feira (23), no Centro Administrativo Antonio Rocha, para entregarem ao prefeito Luciano Barbosa (PMDB) um requerimento solicitando que o atual presidente do Sindicato, Marcondes Prudente, os represente no Conselho Municipal Provisório de Transportes e Trânsito.

Durante a mobilização, os mototaxistas explicaram que em Assembléia Geral, realizada no último dia 17 de março, 342 membros do sindicato assinaram o requerimento solicitando a indicação de Marcondes Prudente como legitimo presidente da categoria. Atualmente, o município de Arapiraca possui cerca 57 mil veículos, sendo 28 mil motos. Desses, 670 são mototaxistas regularizados pela Superintendência Municipal Trânsito (SMTT).

O mototaxista Marcelo Coiote afirmou que nenhum político pode se manifestar em favor da categoria, já que o único representante é o presidente do sindicato. “Não aceitamos sindicato de Maceió. Não permitimos ninguém de fora e nem os políticos que querem se promover a custo do nosso suor. Não queremos politicagem. O político que faça apenas a parte dele”, disse o profissional.

Aluguel de coletes

Perguntado sobre a denúncia feita pelo diretor da SMTT que contou sobre alugueis de coletes por parte de alguns mototaxistas para não profissionais da área, o presidente Marcondes Prudente confirmou o caso e explicou que é necessário uma fiscalização maior da Superintendência para que não aconteça esse tipo de caso.

“Infelizmente existem maus profissionais em toda categoria. É mais um motivo para ingressarmos no conselho e consequentemente ajudarmos na fiscalização junto com a SMTT. Os mototaxistas que pagam seus impostos regularmente são prejudicados por esse tipo de atitude, principalmente com esses motociclistas, que não são regularizados”, comentou.