Ascom Arapiraca Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Escola Dom Constantino Lüers

O prefeito Luciano Barbosa (PMDB) e a secretária de Educação Ana Valéria Peixoto entregaram, no início da tarde desta terça-feira (22), na comunidade de Mangabeiras, a oitava escola de tempo integral do município de Arapiraca.

A aula inaugural na Escola Dom Constantino Lüers teve início às 13h30, e contou com a presença do deputado estadual Severino Pessoa, além de educadores, servidores, lideranças comunitárias e dos pais e mães dos alunos matriculados na unidade de ensino.

Durante a solenidade, o prefeito Luciano Barbosa voltou a destacar o sentimento de orgulho presente nas ações do projeto Viva Arapiraca.

"As emoções vivenciadas no último fim de semana, no Lago Perucaba, devem estar presentes em nosso dia-a-dia. Também precisamos externar todo esse nosso orgulho e amor que temos por nossa cidade, com ações em defesa da educação, saúde, cultura e, acima de tudo, pela melhoria constante da qualidade de vida dos nossos irmãos arapiraquenses", afirmou.

Ainda como parte da programação da entrega da oitava escola de tempo integral, o prefeito Luciano participou de jogos e brincadeiras com as crianças da comunidade de Mangabeiras.

Integralização

Para fazer parte do novo modelo de ensino, a Escola Dom Constantino Lüers passou por um processo de transformação administrativa e pedagógica para atuar nos dois períodos.

Como novidade, a partir deste ano a escola vai atender os alunos do 1º ano do Ensino Fundamental. O modelo das escolas de tempo integral de Arapiraca é referência nacional desde o ano de 2007, com a adoção do novo modelo de ensino.

Atualmente, o município conta com sete escolas de tempo integral, que atendem cerca de 4.500 mil alunos do 2º ao 5º anos do Ensino Fundamental, em escolas na área urbana e na zona rural do município.

Na Escola Dom Constantino, o projeto pedagógico inclui, pela manhã, atividades curriculares e, no período da tarde, jornadas ampliadas de reforço escolar e atividades complementares, a exemplo de aulas de capoeira, dança, música e aulas de artesanato, culinária e reciclagem com as mães, além de aulas de informática, inglês e a inclusão da disciplina Filosofia na grade currícular e alimentação cinco vezes ao dia.

Inserção social

A dona-de-casa Maria Eliane da Silva, mãe de três filhos menores de idade, elogiou a iniciativa da prefeitura em adotar o modelo de escola de tempo integral na Escola Dom Constantino. "Estamos muito contentes porque nossos filhos vão passar mais tempo na escola e ainda vai sobrar tempo pra gente participar de cursos aqui na escola", destacou a moradora.