Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Movimento PC

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) vai realizar uma assembleia geral com indicativo de greve na próxima segunda-feira (18), no auditório do Sindicato dos Bancários, às 14 horas.

A reivindicação do piso salarial de 60% da remuneração dos delegados de polícia em início de carreira foi negada pelo Governo Téo Vilela, que lançou uma política salarial, concedendo apenas o percentual de 5,91%, dividido em duas parcelas ao funcionalismo público.

Na última reunião de negociação, a secretária Adjunta de Gestão de Pessoas, Ricarda Calheiros, informou à diretoria do Sindpol que as negociações estão encerradas na Secretária de Gestão Pública devido à Política Salarial dos servidores e informou que o sindicato procure o Delegado Geral, Marcílio Barenco. Uma reunião, que estava marcada com o secretário do Gabinete Civil, Álvaro Machado, também foi cancelada.

O Sindpol esteve reunido com o Delegado Geral que informou que tentará agendar uma reunião, na próxima semana, com o secretário da Fazenda, Maurício Toledo. Enquanto isso, os policiais civis de Alagoas estão implantando a Operação Padrão que visa proteger a categoria da omissão do Estado quanto às precárias condições de trabalho. O lema é trabalhar dentro da legalidade.

Na assembleia, os policiais definirão o rumo da mobilização pela implantação do piso salarial de 60% da remuneração dos delegados em início de carreira.