Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Atualizada às 11h

Pânico e muito medo foi o que viveu crianças e educadores da creche municipal Dr. Geraldo Silva, no Bairro Canafístula, em Arapiraca, no fim da tarde desta terça-feira (12).

Quatros homens, em duas motocicletas, iniciaram os disparos em direção a creche no momento em que algumas crianças se preparavam para deixar a unidade educacional. Várias crianças correram buscando refúgio e pânico causado pelos disparos deixou professores, funcionários e pais desesperados.

Segundo um morador, foi um tumulto muito grande de pais, desesperados, a procura dos filhos, mas felizmente ninguém foi atingido. Na comunidade, as pessoas não querem falar sobre o caso, imperando a lei do silêncio.

Os quatros bandidos deixaram o local. O caso não foi registrado na polícia militar, e nem tão pouco na polícia civil.

Portas fechadas

Na manhã desta quarta (13), pais e crianças encontraram a creche de portas fechadas. Ninguém da direção se pronunciou sobre o assunto. Segundo moradores, o fechamento aconteceu ainda na noite de ontem, logo após os disparos.

Atentado seria contra um morador

Segundo alguns moradores, que pediram para não se identificar, o atentado seria uma “rixa” com um morador da rua, visto que já é a terceira vez que o fato ocorre na mesma rua. No local, a lei do silêncio impera e ninguém quis se pronunciar sobre o assunto. Duas residências foram atingidas pelos disparos, mas ninguém ficou ferido.