Governador leva a Lula preocupação com finanças públicas

  • 25/03/2009 02:52
  • Maceió

O governador Teotonio Vilela vai levar ao presidente Lula, em audiência marcada para esta quarta-feira, às 15 horas, em Brasília, os efeitos da crise financeira no Estado e municípios. Segundo o governador, que conversou na manhã desde ontem com Lula, em Salvador, durante a I Mostra de Desenvolvimento Regional, que reuniu os governadores do Nordeste, o presidente mostrou-se, “mais uma vez, receptivo às questões de Alagoas”.

 

“Fiz ver ao presidente a nossa preocupação com relação às finanças públicas nesta época de crise”, disse o governador, que estará presente, na amanhã desta quarta-feira, no lançamento do programa federal de 1 milhão de casas populares, que acontecerá em Brasília. Lula convidou pessoalmente Teotonio para o evento e disse que à tarde o receberá no Palácio do Planalto. “Como o problema atinge todas as esferas é oportuno conversar a esse respeito com o presidente da República”, reforçou o governador.

 

Na capital baiana, o governador Teotonio Vilela assinou, junto com os governadores do Nordeste, o Termo de Compromisso pela Diminuição das Desigualdades Regionais. Entre as metas a serem cumpridas está a redução dos índices de mortalidade infantil. “É importante que tenhamos, todos os governadores, o mesmo compromisso de revertermos as taxas que empobrecem a nossa região para avançarmos na melhoria da qualidade de vida de todos os nordestinos”, destacou.

 

O Termo de Compromisso prevê ainda a erradicação do índice de sub-registro civil de nascimento; ampliação da oferta e efetividade dos cursos de alfabetização de jovens, adultos e idosos, para atendimento de mais de 3,9 milhões de pessoas; e ampliação da prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural, beneficiando mais de 600 mil agricultores familiares nos Territórios da Cidadania. “É mais um passo dado em defesa de um Nordeste com cidadania”, salientou Teotonio Vilela.