Alagoas precisa de mais policiais nas ruas ou de mais empregos?

  • 14/04/2009 11:03
  • Blog do Bob
Para Judson, violência ja faz parte do cotidiano dos alagoanos. (Foto: ALE)

O lugar negativo que Alagoas ocupa no ranking nacional de Estados mais violentos só surpreende ao inocente pueril, ao inocente útil e ao dissimulado - que, de ordinário, é político.

Quem não sabia que o resultado de tantos desgovernos seria esse? A década perdida de 1990 não arruinou apenas a economia, mas a política - um governador foi colocado para fora do palácio - e, por via de conseqüência, o social com o Estado registrando índices elevados de mortalidade infantil e analfabetismo.

Onde se haveria de chegar?

Na década de 90 perdemos a Comesa - que foi desmanchada em duas e reforçou as unidades do Grupo Gerdau em Fortaleza e Recife. A fábrica de cerveja que seria implantada no pólo de Marechal Deodoro foi para Sergipe. Reduzindo-se a oferta de empregos os desgovernadores fomentaram as favelas e alimentaram a violência que descambou agora para esse índice preocupante.

O que fazer? Mais policiais nas ruas ou mais empregos? Mais cadeia ou mais escolas? Mais viaturas policiais ou mais ambulâncias nos postos de saúde?

Essa é a questão.