João Tenório tenta puxar Nonô para a banda de Teotonio

  • 07/04/2009 20:47
  • Geral

O senador tucano João Tenório diante da possibilidade de se formar um chapão contra o seu cunhado, governador Teotonio Vilela Filho em 2010,impedindo assim sua reeleição, articula com o democrata Thomáz Nonô que sempre ficou contra Téo.

Nonô foi advogado do menestrel Teotonio Brandão Vilela, mas nunca se afinou bem com o filho, tucano Teotonio Vilela Filho. Eles vivem na política entre tapas e beijos, mas nunca foram aliados.

Na possibilidade do divórcio entre Renan e Téo, o senador tucano que é sócio do democrata na TV Pajuçara tenta construir um forte aliado em Thomáz Nonô,um potencial candidato a deputado federal com ficha amplamente limpa e cotado a retornar à Câmara Federal, onde em cinco mandatos ocupou vários cargos, inclusive presidente da Câmara federal interinamente.

O PSDB pode ficar junto com os Democratas na chapa presidencial, onde o governador José Serra seria o candidato a presidente da República com o potiguar José Agripino Maia como o seu vice. Por isso, pode se tornar fácil o "namoro" de Téo com Nonô com o aval de Tenório.

João Tenório anda de olho na pesquisa. Se por acaso, Teotonio não decolar,ele só será senador até janeiro de 2011 e retornando assim à sua atividade empresarial, onde é a sua legítima praia.

O PSDB de Alagoas vai ficando sozinho,sem despontar nenhum candidato a deputado federal e a estadual, até o momento só Edval Gaia Filho. Isto é, se Fernando Toledo não for para o Tribunal de Contas.

Outro tucano que deseja mais aproximação de Nonô com Téo, é o prefeito de Penedo, Alexandre Toledo que em 2006 abandonou o partido, por não querer votar em Ronaldo Lessa e assumiu a candidatura de Nonô para Senador, onde terminou elegendo Collor numa campanha relâmpago de 30 dias.