Donas de casa contra a alergia

  • 23/03/2009 21:14
  • Saúde

Há nada menos do que 60 milhões de pessoas alérgicas no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Entre elas, muitas são donas de casa, que não têm como evitar lidar com poeira, mofo e produtos de limpeza com cheiro forte — itens que desencadeiam crises alérgicas.

 

De acordo com a alergologista do Pró Alérgico Cientifico, Andréia Cvaigman, nenhum tratamento funcionará bem se não houver uma mudança nos hábitos domésticos. “É preciso associar um bom tratamento medicamentoso com o controle do ambiente”, aponta.

 

A dona de casa Patrícia Lyra, 43 anos, é alérgica e mãe de trigêmeos que têm o mesmo problema. Ela mudou seus hábitos depois do nascimento dos filhos. Passou a usar capas impermeáveis nos travesseiros e colchões para impedir a proliferação de ácaro e mudou também a maneira de lavar roupa e limpar a casa. “Tenho que ter cuidados a mais. Uso produtos de limpeza simples, como sabão de coco em pó, álcool e pasta sem cloro, tudo para amenizar minhas crises e dos meus filhos”, revela Patrícia, que tem rinite alérgica e bronquite.

 

CUIDADOS

 

Troque tapetes felpudos pelos pouco espessos.

 

Opte por sofás com capas laváveis, de algodão.

 

Use travesseiros com enchimento sintético no lugar dos de plumas ou espuma.

 

Substitua cortinas por persianas, que podem ser limpas com pano úmido.

 

Arraste os móveis a cada 15 dias para remover o pó.

 

Troque a roupa de cama e banho uma vez por semana.

 

Exponha cobertores e mantas ao sol toda semana.

 

Vire o colchão a cada 15 dias.

 

Prefira pano úmido com sabão de coco em vez de espanador e vassoura.

 

Use luvas para manipular produtos de limpeza.

 

Prefira os detergentes sem aromas.