Em uma café da manhã, em um hotel na Ponta Verde, o Sindicato dos Jornalistas de Alagoas (Sindjornal) juntamente com deputados estaduais e federais reafirmaram o compromisso em busca da aprovação da PEC dos Jornalistas, que prevê à volta da exigência do diploma para o exercício da profissão. “É totalmente natural que o profissional exerça seu cargo devidamente credenciado, assim acontece com os advogados, professores e outros e por que não nos meios de comunicação?”, questionou o deputado Inácio Loiola(PSDB), se mostrando favorável à derrubada do veto do Executivo da lei que tenta implantar a exigência do diploma nos cargos de assessorias de comunicação em toda Alagoas. “Não vejo como um grande problema derrubar o veto do governador, pois se trata de questões simplesmente burocráticas, o sentimento é que derrubemos e os jornalistas possam exercer sua profissão de maneira correta”, acentuou Loiola O líder do PT na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), Ronaldo Medeiros, destacou que já conversou com nove deputados e percebeu que o sentimento também é totalmente favorável a exigência do diploma. “Conversei com toda bancada de oposição e já falei com alguns dos aliados do executivo onde pude comprovar que os parlamentares estão esperançosos com a conquista dos jornalistas em Alagoas”, disse Medeiros. Rui Palmeira (PSDB), Givaldo Carimbão (PSB) e Joaquim Beltrão (PMDB) marcaram presença no café da manhã e ressaltaram o compromisso em buscar a aprovação da PEC do diploma. A presidente do Sindjornal, Valdice Gomes, relatou que o dialogo em Brasília será de fundamental importância para a conquista da exigência do diploma em todo Brasil.