Ascom Arapiraca Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Luciano Barbosa

“Tem que ter concurso público para as Polícias Civil e Militar”. A afirmação partiu do prefeito Luciano Barbosa (PMDB), através do seu Twitter, em resposta aos corriqueiros casos de violência registrados no município arapiraquense nos últimos meses.

Em seu microblog, perguntado pelo repórter do Minuto Arapiraca, Ângelo Farias, sobre os crimes ambientais provocados por alguns moradores nas mediações da Área Verde, que danificou árvores históricas e as instalações elétricas, o prefeito respondeu que os guardas municipais não são policiais.

“Quem chamou o Corpo de Bombeiros na última vez que tocaram fogo foram os guardas municipais, só que é preciso esclarecer o papel deles. O guarda municipal é apenas um vigia de farda, ele não pode portar armas, entre outros equipamentos de exclusividade da polícia”, lembrou.

Luciano Barbosa foi ainda mais além e afirmou que é preciso fazer concurso público para as polícias militar e civil. Ele também questionou as inúmeras reclamações que tem recebido sobre a segurança pública: “Parece que nos conformamos com o fato de não termos segurança pública, e, mais uma vez, apelamos para os municípios”.

“Tem que ter concurso público para Polícia Militar e Civil. Tem que ter serviço de inteligência e equipamentos. Com a quantidade de policiais que temos hoje, a probabilidade de chegar a tempo para resolver alguma coisa é remota”, continuou.