Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Desde a última segunda-feira (15), Arapiraca e os municípios da 7º Região de Saúde devem encaminhar as gestantes de baixo risco para assistência de parto e nascimento ao Hospital CHAMA. Atendimento que, anteriormente, acontecia na Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora de Fátima.

O município segue a determinação do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, que passa a utilizar o prédio da Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora de Fátima para a assistência a casos de Covid-19, alterando o fluxo de atendimento da gestantes de baixo risco.

Maria Luíza Bezerra Oliveira, Coordenadora da Saúde da Mulher/Rede Cegonha de Arapiraca explica que Hospital CHAMA passa a funcionar com 38 leitos de obstetrícia e 10 leitos de Unidade de Cuidados Intermediários Convencional, conforme habilitação dos serviços da Rede Cegonha, que já funcionavam na Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora de Fátima.

Os casos de alto risco continuam tendo o hospital Regional como referência para o atendimento no Município.