Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Enquanto especialistas em todo o mundo correm contra o tempo em busca de soluções contra o novo coronavírus (COVID-19), precisamos nos lembrar que os cuidados com a saúde requerem uma série de medidas não diretamente relacionadas à pandemia que, principalmente nesta época do ano, também são muito importantes.

Pensando nisso, a Mineração Vale Verde (MVV) realizou, na última sexta-feira (3), uma grande campanha de vacinação contra a Influenza (H1N1, H3N2 e dois vírus do tipo B) com todos os seus empregados e dependentes. As doses da vacina foram aplicadas no próprio ambulatório da empresa. Para os trabalhadores que estão em trabalho remoto (home office), foram disponibilizadas rotas de ônibus especiais para o apoio logístico.

Lycia Lima, enfermeira do trabalho da empresa, falou da importância da iniciativa da MVV no combate à pandemia. “Muitas pessoas se preocupam apenas com as medidas de prevenção do ‘coronavírus’, como lavar as mãos corretamente e evitar o contato com o nariz, os olhos e a boca. Mas tão importante quanto isso é se prevenir de outras doenças, que também podem nos fazer muito mal. Daí o porquê da vacina, que estimula respostas imunológicas e nos protege de vários tipos graves de Influenza”, explica Lycia.

NOVO AMBULATÓRIO

No último dia 11, a MVV inaugurou o novo ambulatório do Projeto Serrote. A estrutura conta com sala de observação, depósito, farmácia, banheiros, copa, vestiários, consultório médico, emergência e recepção, além de espaço para Brigada de Emergência. No dia, os trabalhadores realizaram exames em parceria com a Unidade Integrada do Sesi/Senai de Arapiraca, como: hemograma, eletroencefalograma, eletrocardiograma, raio X de tórax e lombar, acuidade visual, audiometria e consulta psicológica.

Em adição a todos os protocolos estabelecidos pelas autoridades competentes e, atuando em conformidade com as melhores práticas e orientações de médicos, especialistas e entes públicos, a MVV vem adotando uma série de medidas com o objetivo de preservar a saúde e proteger a vida de trabalhadores do Projeto Serrote, seus familiares e dos moradores das comunidades próximas ao empreendimento.

Além da ampla divulgação de recomendações de higiene e prevenção do COVID-19, algumas das iniciativas já tomadas foram: restrição da presença e circulação de pessoas em ambientes fechados ao mínimo necessário para manter os serviços essenciais à obra; recomendação de não realizar reuniões presenciais; aumento dos procedimentos de higienização de 100% da frota; ampliação da disponibilidade de produtos de higiene pessoal nas instalações da empresa e nos canteiros das terceirizadas; intensificação da higienização de ambientes e superfícies como maçanetas, mesas, cadeiras, telefones, vasos sanitários e instalações em geral; limitação de viagens ao mínimo necessário; liberação de trabalhadores com atividades que possam ser realizadas remotamente; e cancelamento de eventos de relacionamento que têm a participação de públicos externos à empresa (diálogo social, visitas etc.).

Além disso, todos os empregados e terceirizados das empresas contratadas para atuar no Projeto recebem treinamento diário para que eventuais casos suspeitos sejam imediatamente comunicados à área de Recursos Humanos da MVV e procurem atendimento médico. A empresa também assumiu o compromisso de informar qualquer ocorrência às autoridades de saúde e prestar assistência aos trabalhadores e a seus familiares, desde a eventual suspeita até a resolução da questão em definitivo.

PARCERIAS

A segunda-feira (6) foi marcada pela entrega de 20 termômetros digitais com infravermelho às secretarias Municipais de Saúde de Arapiraca e Craíbas, de um total de 60 que serão doados pela empresa. Até o momento, a MVV já entregou mais de 5.000 litros de material de limpeza, aventais e rolos de papel toalha à população desses municípios por meio de parcerias com as prefeituras e o 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Alagoas na luta contra o COVID-19. Outros itens – máscaras cirúrgicas e álcool gel 70%, por exemplo – estão sendo adquiridos, com urgência, vencendo a cada dia os desafios logísticos e a corrida contra o tempo para adquirir estes produtos no mercado.

Dessa forma, a MVV reafirma seu compromisso com a saúde dos trabalhadores do Projeto, seus familiares e as comunidades próximas ao empreendimento, que também integram o território do qual ele faz parte. Precisamos, mais do que nunca, estar juntos para superar este grande desafio.

SOBRE A APPIAN

Desde 2018, 100% do capital da MVV pertence a um fundo de investimentos administrado pela Appian Capital Advisory LLP focado em mineração. O fundo também possui um ativo no Brasil no município de Itagibá (BA), denominado Atlantic Nickel, tendo foco na produção de concentrado de níquel sulfetado, com capacidade nominal de 120 mil toneladas/ano e que voltou a operar em janeiro de 2020. Sediada em Londres, a Appian possui ainda escritórios em países como África do Sul e Canadá.