Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Os bastidores em torno da nomeação de um novo presidente da OAB Arapiraca estão fervendo. A grande polêmica gira em torno do nome do advogado Daniel Fernandes, aliado do prefeito Rogério Teófilo (PSDB), que tenta emplacá-lo a todo custo para desarticular a candidatura do ex-presidente, Hector Martins, que atualmente é pré-candidato a prefeito de Arapiraca.

Além de aliado do prefeito tucano, Daniel Fernandes é servidor contratado com atuação na Procuradoria do Município de Arapiraca.

Daniel também já foi tesoureiro do atual presidente estadual da OAB, Nivaldo Barbosa, outro aliado de Teófilo e incentivador da nomeação do arapiraquense.

A relação da presidência estadual com a família Teófilo já é antiga, vale destacar que o filho do prefeito, advogado Moacir Teófilo, que preside o PSDB local é presidente da Comissão de Direito Municipal da OAB/AL. 

O advogado e presidente da OAB/AL, Nivaldo Barbosa, também é o advogado do sindicato dos professores e constantemente é visto em reuniões com o gestor de Arapiraca para tratar do caso milionário que é o do FUNDEB.

Insatisfeitos, diversos advogados da gestão local estão renunciando seus cargos nas comissões por conta da articulação conjunta em torno de Daniel Fernandes.

A eleição é indireta e o novo nome é votado dentre os próprios conselheiros da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas, modelo que levanta suspeita e discussão jurídica e que pode inclusive desaguar nos Tribunais de Justiça nos próximos dias.