Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Agreste Saneamento, que possui uma Parceira Público-Privada (PPP) com a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), vai realizar, a partir de zero hora desta terça (17) até a meia-noite da quarta-feira (18), serviços para melhorias operacionais no antigo Sistema Coletivo do Agreste.

A paralisação das atividades, portanto, terá duração de 48 horas e afetará o abastecimento de água dos municípios de São Brás, Olho D’água Grande, Campo Grande, Girau do Ponciano, Feira Grande, Lagoa da Canoa, Coité do Nóia e Parte Baixa De Arapiraca (bairros: Baixão, Boa Vista, Brasília, Cacimbas I e II, Canafístula, Centro, Guaribas, Itapuã, Jardim Tropical, Manoel Teles, Nova Esperança, Olho d’Água dos Cazuzinhos, Ouro Preto, Poço Frio, Primavera, São Luiz I e II, Verdes Campos, Brisa do Lago, Sítio Alazão e Zélia Barbosa). Os trabalhos, que incluem manutenção preventiva e instalação de equipamentos em Estações de Tratamento de Água (ETAs), são em atendimento ao Contrato de Concessão Administrativa Nº 90/2012.

Já a parte alta de Arapiraca e os municípios de Craíbas e Igaci não terão o serviço prejudicado por essa paralisação, uma vez que são abastecidos pelo Novo Sistema Adutor do Agreste.

A Agreste Saneamento e a Companhia pedem a compreensão dos usuários no sentido de usar água de forma racional durante o período de paralisação até a regularização do abastecimento, o que deverá ocorrer gradativamente na quinta-feira (19).