Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Na tarde desta segunda-feira (27), um homem foi executado a tiros no Sítio Alexandre, localizado na zona rural de Lagoa da Canoa. A vítima, que havia deixado recentemente o sistema prisional, ainda tentou correr, mas foi perseguida e executada.

Genival Braz da Silva, mais conhecido como “Geninho”, estava em um veículo de cor branca, com outra pessoa, quando nas proximidades do Sítio Alexandre, outro automóvel -também branco – com duas pessoas, que deram ordem de parada ao veículo em que estava a vítima. Dois homens armados desceram e um deles efetuou disparos, quebrando o vidro traseiro do automóvel e atingindo as costas de Geninho.

Ferido, ele ainda conseguiu sair pela janela do carro e se abrigar em uma residência, mas seus algozes o acompanharam e concluíram a execução. Geninho caiu na sala do imóvel, sem vida. Uma idosa, que almoçava no momento do incidente, ainda foi feita de escudo por Geninho, que tentava se esquivar dos atiradores. A mulher ficou com ematomas nos braços, ao ser segurada.

Os suspeitos fugiram em seguida e ainda não foram localizados.