Jovem acusada de atear fogo na mãe vai a júri em Fortaleza (CE)

  • carlinhos
  • 12/08/2009 03:46
  • Brasil/Mundo

O TJ (Tribunal de Justiça) do Ceará decidiu nesta segunda-feira (10) levar a jovem Lara França da Rocha, 22, à júri popular pelo crime de atear fogo em sua mãe adotiva. Apesar da decisão, divulgada nesta terça-feira, ainda não foi definida uma data para que o julgamento ocorra.

Segundo o TJ, o crime aconteceu em 23 de julho de 2008, em Fortaleza. A vítima, de 78 anos, teve 70% do corpo atingido por queimaduras de 2º grau. Ela chegou a ser encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Testemunhas ouvidas no processo afirmaram que a mãe tinha desentendimentos com a filha por causa de dívidas e porque a jovem era homossexual --o que a mãe não aceitava.

A jovem foi pronunciada pela Justiça pelo crime de homicídio qualificado. Entretanto, a defesa de Lara alegou a existência de falhas na instrução criminal e entrou com um recurso, que foi negado pela Justiça.