Bancada do PT pede a Marina Silva que continue no partido

  • eduardocardeal
  • 12/08/2009 02:49
  • Política
A bancada do PT no Senado divulgou nesta terça-feira (11) uma carta para pedir que a ex-ministra e senadora Marina Silva não deixe o partido para disputar a Presidência da República pelo PV em 2010. Interlocutores da parlamentar acreana dizem que ela está propensa a aceitar o convite.

"Desejamos sinceramente que a nossa querida companheira Marina Silva permaneça no Partido dos Trabalhadores, sua casa política, e prossiga nessa trajetória coletiva que já conquistou tanto, mas que tem tanto ainda para conquistar", afirma o texto dos senadores petistas.

"Mas qualquer que seja a sua decisão, seu vínculo com o PT jamais se quebrará. Sempre será assim, esteja onde ela estiver. E, esteja onde ela estiver, terá nosso carinho, nossa admiração, nossa história comum."

A nota faz referência à trajetória de "inquebrantável" de Marina e do PT, já que "ambos surgiram muito pequenos e humildes e tiveram que enfrentar obstáculos quase intransponíveis para se tornarem o que são hoje".
"Marina Silva, de pequena menina pobre e analfabeta de um seringal do Acre, transformou-se numa importante figura pública do país e persona de prestígio internacional. O PT, de um pequeno e quixotesco aglomerado de cidadãos que lutavam pela democracia e por um país melhor, tornou-se o partido que governa, com grande êxito, o país há sete anos. Com eles, cresceu também o Brasil", diz a nota.

Marina deixou o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em meio ao seu desgaste junto a outros ministros, como Dilma Rousseff (Casa Civil), possível candidata do PT à sucessão no ano que vem.

Os senadores petistas afirmam que a passagem da colega pelo Ministério do Meio Ambiente "contribuiu substancialmente na luta pela sustentabilidade ambiental no Brasil, com o apoio de seus companheiros de bancada e de partido"

Marina afirmou mais cedo nesta terça-feira que sua decisão deve ser anunciada em breve.