Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

PSDB, MDB e Republicanos são os principais partidos na disputa pela sucessão

Os partidos políticos em Arapiraca estão se mobilizando e articulando adesões com vistas ao pleito do próximo ano inclusive com campanhas de filiações partidárias até o mês de março do próximo ano. O PSDB que tem como principais liderança o prefeito Rogério Teófilo e o senador Rodrigo Cunha não abrem mão da disputa pela reeleição.

Na oposição, o governador Renan Filho, o vice-governador Luciano Barbosa e o deputado estadual Ricardo Nezinho querem retomar o espaço político no segundo colégio eleitoral do Estado perdido na eleição de 2016 para Rogério Teófilo. A derrota em 2016 ainda está engasgada.

O deputado federal Severino Pessoa (Republicanos) deve ser o divisor de águas ou mesmo o fiel da balança, da disputa nas eleições municipais de 2020 na terra de Manoel André. Seu posicionamento pode apontar para uma eleição com dois ou três candidatos com densidade eleitoral. Nos últimos pleitos, Arapiraca foi às urnas sempre com três nomes bem disputados.

Terceira força

Em 2018, Severino Pessoa então deputado estadual no segundo mandato, ganhou musculatura política em Arapiraca e região Agreste quando se elegeu deputado federal, e trabalha com duas possibilidades. Pode liderar uma terceira força, com o lançamento da candidatura da esposa   Fabiana Pessoa (atual vice-prefeita) que decidiu romper com Rogério Teófilo após desencontros e colisões na gestão municipal.

Se trabalhar para unificar a oposição, Pessoa pode convergir para uma aliança pontual com o deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB), com quem mantém bom relacionamento, apesar de não fazer parte da base de apoio do Palácio República dos Palmares no atual cenário político alagoano.

 Severino Pessoa se mantém próximo do grupo do deputado federal Arthur Lira (PP), que tem em seus quadros o deputado estadual Tarcizo Freire, no segundo mandato na Casa de Tavares Bastos com atuação positiva é forte liderança política em Arapiraca, atualmente aliado político do prefeito Rogério Teófilo.

Outras alternativas na disputa

O grupo do PSL que chegou a anunciar uma pré-candidatura com chapa "puro sangue" tendo como cabeça de chapa o advogado Claudio Canuto ficou à deriva após a colisão entre o presidente da República Jair Bolsonaro e o presidente nacional da sigla o pernambucano Bivar. Integrantes do PSL emigraram para o Avante e tentam fortalecimento até mesmo para uma possível aliança.

O Cidadania 23 está com o presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB Arapiraca, Hector Martins que busca composição para uma possível pré-candidatura a sucessão de Rogério Teófilo. Martins está mantendo contatos com vistas ao fortalecimento da sigla em Arapiraca. Recentemente conversou com o empresário Everton Santiago. Santiago que ouviu a proposta de uma composição, no entanto não bateu o martelo.