Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O empresário arapiraquense Everaldo de Lima, de 53 anos, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (17) dentro da residência de sua irmã, localizada no Sítio Fernandes, zona rural de Arapiraca.

A vítima, que utilizava as alcunhas de Neno Cão e Neno Pajé, era figura bastante conhecida na cidade, principalmente no meio político.

Assim que o corpo foi encontrado, por volta das 10 horas, surgiu a informação que o empresário teria cometido suicídio. Mas, momentos depois, a assessoria de comunicação do 3º Batalhão de Polícia Militar informou à imprensa que o corpo apresentava várias lesões, principalmente nas regiões do rosto e peito, mas que o laudo oficial só será revelado pela perícia.

Os rumores dão conta que antes de morrer, Neno Cão teria se envolvido numa luta corporal. Ainda não se sabe se a morte foi provocada por alguma lesão da briga ou se o empresário teria passado mal.

Outro fato que intriga a polícia é que ao lado do corpo havia uma faca, porém o corpo, aparentemente, não apresentava perfurações