Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Dando continuidade a série de entrevistas com possíveis pré-candidatos à Prefeitura de Arapiraca nas eleições municipais do próximo ano, o Minuto Arapiraca entrevistou o vice-presidente do diretório municipal do PSL, o advogado Cláudio Canuto, cujo nome vem sendo ventilado como o possível candidato majoritário do partido de Bolsonaro na capital do Agreste.

Canuto é advogado empresarial, professor universitário e empresário. Sua militância política começou recentemente, no ano de 2017, quando filiou-se ao PSL.

Na entrevista, Cláudio Canuto assegurou que nas eleições municipais de 2020 o partido deverá lançar pelo menos 26 candidatos a vereador e tentar garantir pelo menos dois assentos no Legislativo Municipal.


ENTREVISTA


Seu nome vem sendo ventilado como o possível candidato majoritário do PSL em Arapiraca. Você está preparado para encarar esse desafio?
O maior objetivo do nosso partido é se fortalecer no segundo maior colégio eleitoral do Estado. No PSL não existem oficiais, existem soltados. Estamos todos unidos no sentido de lançar candidato próprio em 2020 e tal definição será feita de forma coletiva e consensual, pois em nosso partido não existem vaidades. Caso o meu nome seja o escolhido confesso que seria uma honra poder contribuir e, desde já, afirmo que estou pronto para tal desafio.
 

Qual seria o perfil de um prefeito do PSL em Arapiraca?
O PSL segue alinhado com as ideias do Governo Federal. Em Arapiraca a ideia do partido é acabar com o loteamento de secretarias e fazer com que esses cargos sejam ocupados por técnicos que tenham conhecimento em respectivas áreas e que possam trazer resultados positivos para a cidade e para o seu povo.
 

Caso o senhor ou outro nome do partido seja eleito, quais os principais projetos do futuro prefeito de Arapiraca?
A Saúde e a Educação certamente são os principais gargalos a serem trabalhados. Na Saúde vamos criar mecanismos para zerar as filas das consultas, exames e cirurgias. A população não aguenta mais chegar aos postos de madrugada para pegar uma ficha e muitas vezes não conseguir. Na Educação iremos investir nas séries iniciais, capacitar os educadores e melhorar a estrutura das unidades escolares.
 

Uma das bandeiras do PSL é a Segurança Pública. O que poderia ser melhorado em Arapiraca nessa área?
Entendemos que a Segurança é responsabilidade do Governo do Estado, mas é dever de cada um de nós. Portanto, iremos criar uma Guarda Municipal eficiente e operacional para auxiliar o trabalho das polícias Civil e Militar. A nossa SMTT será mais preventiva, assegurando assim uma melhor mobilidade urbana.
 

Quais os projetos do partido no sentido de criação de empregos e fortalecimento da economia local?
Vamos transformar Arapiraca num porto seco em Alagoas. De que adianta o governo trazer o gás natural e a cidade não ter indústrias? Nosso polo industrial está parado há dez anos e o desemprego só vem aumentando na cidade. Precisamos investir mais no turismo de negócios e de eventos, e, em parceria com os governos estadual e federal, pleitearmos a instalação de grandes empresas em nossa região.
 

E quais os projetos do PSL para a eleição proporcional em Arapiraca?
Nosso objetivo é lançar 26 candidatos a vereador, sendo 30% mulheres. Desse montante iremos trabalhar para conquistar pelo menos dois assentos no Legislativo Municipal.
 

Como o senhor avalia a atual gestão municipal?
A inércia da atual gestão fez com que a cidade de Arapiraca parasse no tempo. Nós arapiraquenses não vemos mais obras estruturantes, investimentos no desenvolvimento humano e social e isso nos entristece, pois ao que parece o povo de Arapiraca vem perdendo a autoestima.
 

Qual mensagem que o PSL deixa ao povo de Arapiraca?
Os arapiraquenses não querem mais do mesmo. Os arapiraquenses querem o novo para uma nova Arapiraca. Peço que o povo acredite mais na política, pois é possível mudar e que essa onda de renovação que toma conta do país também chegará em Arapiraca, pois o PSL oferecerá boas alternativas às pessoas.