Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Na noite desta terça-feira (10), durante sessão da Câmara Municipal de Arapiraca, os vereadores Léo Saturnino e Fábio Henrique, lamentaram a forma de como está sendo feita a divulgação da administração municipal quanto aos Programas Sociais.

Segundo eles, os vereadores indicam e cobram da Prefeitura as obras para a cidade, onde muitas indicações são aprovadas, porém, não dizem que foram os próprios vereadores.

Eles lembraram que a própria Câmara Municipal de Arapiraca, há cerca de duas semanas, aprovou projeto do Executivo, solicitando a abertura de Crédito Suplementar para reformar em 100% as Unidades Básicas de Arapiraca.

Os dois vereadores voltaram a reclamar que a administração municipal não esteja dando o valor merecido que tem uma Câmara Municipal, que além de fiscalizar os atos da administração pública, ainda elabora projetos e reivindicam as obras para a cidade.

Eles defenderam que essas reformas também sejam extensivas ao Cangandú, Pau D’Arco e Batingas, que precisam urgente de uma reforma em suas respectivas unidades básicas de saúde, para melhor atender as comunidades.