Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O presidente da OAB/Arapiraca, Hector Martins, se reuniu com o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça, para tratar sobre assuntos que a Subseção está atuando na cidade, na tarde de quinta-feira (22). Martins e o conselheiro Seccional Pedro Pires discutiram sobre o abuso no preço dos combutíveis e sobre a crise envolvendo a Frigovale e os marchantes.

"Foi uma reunião extremamente produtiva, o dr. Alfredo Gaspar foi muito receptivo e demonstrou ter conhecimento sobre as situações que estávamos tratando. É sensacional perceber que ainda temos autoridades sérias, que estão atentas aos assuntos que são sensíveis a toda coletividade. Mesmo cumprindo papéis diferentes no sistema de Justiça, a OAB e o MP precisam caminhar juntos na busca de solução dos grandes problemas. É isso que a sociedade espera dessas instituições", afirmou Martins.

No encontro, Alfredo Gaspar assegurou que terá uma conversa com os promotores que atuam em Arapiraca e irá pedir que eles tenham uma postura mais proatíva, especialmente na questão do abate de animais, em relação ao problema ambiental que está afetando as famílias que moram próximas à Frigovale e aos valores cobrados pela empresa aos marchantes. 

O procurador afirmou que pretende definir melhores formas de atuação junto com os promotores. Para isso, Hector Martins deverá protocolar no gabinete dele, na próxima semana, expediente relatando toda a atuação da OAB/Arapiraca e a ata da audiência pública promovida em parceria com a Defensoria Pública no último dia 31 sobre a questão envolvendo a Frigovale e os marchantes.