Santa Catarina confirma mais duas mortes por gripe suína e total chega a 169 no país

  • carlinhos
  • 08/08/2009 14:09
  • Brasil/Mundo

A Secretaria Estadual de Saúde de Santa Catarina confirmou neste sábado mais duas mortes em decorrência da gripe suína --a gripe A (H1N1). Com isso, o número de óbitos no Estado chega a cinco e, no país, a pelo menos 169. As vítimas são mulheres e não estavam grávidas.

Ontem também, as secretarias de Saúde de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul divulgaram a confirmação de, ao todo, mais 26 mortes. Em São Paulo, o número de óbitos chegou a 69 --o Estado tem o maior número de vítimas do país.

Segundo o balanço da secretaria, os duas pacientes que morreram em Santa Catarina são:

- mulher, 52 anos, morava em Celso Ramos e morreu em julho
- mulher, 26 anos, morava em Blumenau e morreu em julho

Sintomas

A gripe suína é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado de H1N1. Ele é transmitido de pessoa para pessoa e tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, com febre superior a 38ºC, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e nas articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal.

Para diagnosticar a infecção, uma amostra respiratória precisa ser coletada nos quatro ou cinco primeiros dias da doença, quando a pessoa infectada espalha vírus, e examinadas em laboratório.

Os antigripais Tamiflu e Relenza, já utilizados contra a gripe aviária, são eficazes contra o vírus H1N1, segundo testes laboratoriais, e parecem ter dado resultado prático, de acordo com o CDC (Centros de Controle de Doenças dos Estados Unidos).