Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A diretora do campus Arapiraca da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Eliane Cavalcante, reafirmou que a construção de um Hospital Universitário no Agreste representará um ganho enorme para a população do interior de Alagoas.

O projeto vem sendo defendido em Brasília pelo Severino Pessoa (PRB) que, recentemente, recebeu o sinal verde do Governo Federal, durante reuniões com os ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil), que sinalizaram positivamente para a concretização do projeto na capital do Agreste.

De acordo com a diretora do campus, além de funcionar como um centro de pesquisas e extensão para a área de saúde, o Hospital Universitário trará desenvolvimento para Arapiraca e toda região Agreste, Baixo São Francisco e Sertão.

“Além de gerar fluxo, o Hospital irá inserir recursos no Município, ofertar vagas de residência médica e, principalmente, atender a população com serviços de qualidade. O desenvolvimento da região ao entorno do empreendimento também será inevitável”, frisou.

Segundo Eliane Cavalcante, o campus Arapiraca é constituído pela sede e pelas unidades educacionais de Palmeira dos Índios, Penedo e Viçosa. O total de cursos (sede e unidades) são 23 e o número total de alunos, 4.500. Já na sede em Arapiraca são 15 cursos e 2.600 alunos.