Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Os constantes acidentes registrados no trecho urbano da rodovia AL 110, nas imediações do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) Arapiraca, tem preocupado os motoristas que trafegam pelo local. A maior parte dos acidentes ocorre na área do acostamento, onde surgiram verdadeiras crateras, causadas pela drenagem irregular da água.

No período de um ano duas pessoas já morreram naquele trecho. O último caso foi registrado no dia 1º de maio, quando um motociclista caiu no buraco e foi arremessado há vários metros. Na semana passada câmeras de segurança flagraram um veículo caindo na cratera no momento em que mudava de faixa para parar no acostamento.

As informações dão conta que a drenagem irregular da água vinda do Ifal, da Feira de Veículos e de um condomínio residencial tem provocado os estragos no acostamento. Como o local é ladeirado a água que desce vai destruindo o asfalto e abrindo as crateras.

Moradores e motoristas alegam que já acionaram, por diversas vezes, o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) a fim de que o problema seja solucionado, porém nada foi feito até agora. O Minuto Arapiraca tentou contato com o DER, mas não obteve êxito.

Confira o vídeo: