Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Duas pessoas morreram na manhã desta terça-feira (18) durante confronto com a polícia em Arapiraca. De acordo com as primeiras informações, elas eram suspeitas de fazerem parte de uma organização criminosa e alvos da Operação Echo, deflagrada nas primeiras horas da manhã.

A operação, coordenada pelo Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da 11ª Promotoria de Justiça de Arapiraca, e a Secretaria de Estado da Segurança Pública, através das Polícias Civil e Militar, visa desarticular uma Orcrim envolvida com falsificação de documentos, roubos, furtos e adulteração de veículos.

Os mandados estão sendo cumpridos em Maceió, Arapiraca, Delmiro Gouveia, Coruripe e também em dois municípios de Pernambuco. Em Arapiraca a operação ainda está em andamento e pelo menos 17 pessoas foram presas e encaminhadas à Central de Polícia Civil.

Ainda há informações que pessoas ligadas aos órgãos de trânsito tenham sido presas durante a operação.