Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Não demorou muito a passagem do técnico Alan Dotti pelo ASA. Depois de três jogos, sendo dois amistosos e um jogo oficial pelo Campeonato Alagoano, o treinador entrou em acordo com a diretoria e deixou o comando da equipe alvinegra.

Alan Dotti foi apresentado como técnico do ASA no dia 17 de dezembro. Foram 36 dias de trabalho à frente do Gigante de Alagoas como estreante na categoria. Ele havia sido auxiliar técnico, quando Betinho estava no comando do alvinegro.

Como técnico, Alan Dotti estreou em jogo amistoso contra o Confiança, de Aracaju (SE), em que o ASA perdeu por 2 a 1. O segundo amistoso aconteceu em casa contra o Flamengo de Arcoverde (PE) e ficou no empate de 0 a 0.

Na estreia do Campeonato Alagoano, no domingo 6 de janeiro, contra o Murici, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, o ASA ficou no empate e não passou do 0 a 0. Resultado que não foi favorável para um campeonato curto de apenas 7 jogos.

O diretor executivo do ASA, Moisés Machado, afirmou que a demissão de Alan Dotti foi recebida pela diretoria de forma parcial e harmônica.

“Até esperávamos essa atitude dele pelos resultados que o ASA apresentou. Compreendemos e vamos seguir em frente porque o time precisa se fortalecer e apresentar o resultado que a torcida exige e o alvinegro merece”, disse Moisés Machado.

Em seu comunicado à assessoria do ASA, Alan Dotti agradeceu ao alvinegro, à diretoria executiva pela confiança em convidá-lo como técnico e que o mundo da bola tem esses altos e baixos.

"Saio de comum acordo e agradeço ao presidente Moisés Machado, ao diretor Rogério Siqueira, aos demais membros, jogadores e à torcida alvinegra. É vida que segue", declarou Alan Dotti.

Com a saída de Alan Dotti, o auxiliar técnico Alysson Dantas assume o comando do Gigante de Alagoas até que a diretoria contrate um novo técnico e se pronuncie sobre isso.

O desafio de Alysson Dantas começa nesta quinta-feira (24) com o treino desta tarde e será mostrado no próximo domingo (27), às 16h, no segundo jogo do alagoano contra o CEO – Centro Esportivo Olhodaguense, em Olho d’Água das Flores, no Sertão de Alagoas.