315d6647 457f 4c40 95ea f80b7fc4ba7b

O ano realmente não começou bem para os arapiraquenses. A sensação de insegurança tomou conta da população que sente-se acuada e vulnerável em meio a onda de violência. Nos primeiros cinco dias do ano já foram registrados seis homicídios na cidade de Arapiraca, sendo dois somente neste sábado (5).

O primeiro caso foi registrado pela manhã, quando um mototaxista foi vítima de latrocínio numa estrada vicinal do Sítio Bonome, zona rural do município. Os criminosos levaram sua motocicleta e o executara com vários tiros.

Já no início da noite a vítima foi o marchante José Sivaldo de Barros Barbosa, de 33 anos que foi executado a tiros no momento em que descarregava carnes para um açougue no bairro Arnon de Melo.

De acordo com informações, dois homens em uma motocicleta se aproximaram da vítima e um deles teria alvejado a vítima com vários tiros.

José Silvado, que usava o apelido de Binho, era um marchante bastante conhecido na cidade.

Polícia Militar, Insituto de Criminalística e Instituto Médico Legal foram acionados até o local.