Nova sede do Hemoal Arapiraca passa a funcionar em novo prédio a partir desta sexta (1º)

  • Assessoria
  • 01/04/2022 07:02
  • Cidade
Foto: Assessoria
Nova sede do Hemoal Arapiraca fica situada no bairro Eldorado.
Nova sede do Hemoal Arapiraca fica situada no bairro Eldorado.

A partir desta sexta-feira (1º), a Unidade Arapiraca do Hemocentro de Alagoas (Hemoal), inaugurada na tarde desta quinta-feira (31), passa a funcionar em nova sede, situada no antigo Empresarial Solution Center, no bairro Eldorado, próximo à Escola Alternativa. Amplo e moderno, o novo prédio vai assegurar mais conforto e comodidade aos servidores, pacientes hematológicos e candidatos à doação de sangue, que continuarão sendo atendidos de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 17h, assim como também aos sábados, das 7h às 12h e das 13h às 16h.

Após um mês de adequações na estrutura física, que durou 30 dias, a nova sede está em total consonância com os padrões exigidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão vinculado ao Ministério da Saúde (MS). Com isso, o novo Hemoal Arapiraca passa a contar com um moderno Núcleo de Captação de Doadores de Sangue, com recepção, sala do serviço social, consultórios para triagem médica, sala de coleta com quatro poltronas e lanchonete.

O novo prédio disponibiliza, ainda, o Núcleo de Laboratórios, Dispensação de Sangue e Hemocomponentes, Ambulatório de Hematologia e toda a parte administrativa. Com isso, todo o ciclo do sangue passa a ser realizado de forma ainda mais ágil e eficiente, assegurando sangue em quantidade e com qualidade para atender a demanda transfusional dos 46 municípios que integram a II Macrorregião de Saúde, formada pelo Agreste, Sertão e Baixo São Francisco.

“A partir desta sexta-feira [1º] o Hemoal Arapiraca passa a escrever uma nova história na Hemorrede Pública de Alagoas. Isso porque, a nova sede vai atender, com mais conforto, a todos os candidatos à doação de sangue e medula óssea, assim como, possibilitar mais comodidade aos nossos servidores”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres.