Falta da Coronavac poderá provocar nova paralisação na aplicação da 2a dose em Arapiraca

  • Roberto Gonçalves
  • 24/04/2021 08:45
  • Cidade
Foto: Reprodução / Internet
Vacina

A Coordenadora de Doenças Imunopreveníveis de Arapiraca, enfermeira Mônica Suzy, reforçou que a retomada da vacinação da 2ª dose da Coronavac para esta sexta, dia 23, só foi possível porque houve um adiantamento das doses referentes à 10ª remessa da Coronavac por parte do Governo do Estado que estavam previstas para chegarem somente neste sábado (24).

Porém, a preocupação se mantém porque segundo Mônica Susy, a remessa que foi enviada para Arapiraca não foi o esperado, veio uma quantidade pequena de doses e nós começamos a vacinar. "Nós esperávamos receber 4.740 doses nesta remessa que foi antecipada pelo governo, mas só recebemos 2.500 doses, um número muito pequeno", disse a coordenadora. Ela explicou ainda que foram distribuídas nesta sexta-feira, 700 doses nos três pontos de vacinação de Arapiraca e confirmou que há risco sim de faltar a segunda dose da Coronavac nos próximos dias, explicou Mônica Susy.Por todos esses motivos, não serão adiantadas aplicações em quem tomou a primeira dose recentemente, pois precisamos respeitar os prazos estabelecidos pelos fabricantes, afirmou Mônica Susy.

Diante da quantidade pequena de doses da Coronavac que chegaram à Arapiraca nesta última remessa, a coordenadora afirmou que está sendo necessário racionar a aplicação das doses para que se possa estender a vacinação até a próxima segunda-feira, pelo menos, atingindo o maior número de pessoas que ainda precisam tomar a segunda dose do imunizante. No ponto do Sesc, por exemplo, no bairro Santa Edwiges, foram distribuídas fichas de atendimento para os horários da manhã e da tarde.
 

Mônica Susy disse ainda que foi informada pela Secretaria de Estado da Saúde que o problema do atraso na remessa da Coronavac está relacionado à falta de um insumo utilizado na produção da Coronavac pelo Instituto Butantan, situação que acredita-se que esteja regularizada nos próximos dias, concluiu a coordenadora.

A coordenadora disse ainda que está avaliando se vai manter os pontos de vacinação abertos neste domingo (25) devido ao problema das poucas doses da Coronavac. Já em relação à vacina da Astrazeneca, não haverá problema porque todas as doses estão garantidas e não vai faltar vacina para quem precisa tomar a segunda dose