A exemplo de Luciano, Tarcizo Freire também pode pagar preço da “rebeldia”

  • 29/09/2020 17:06
  • Coluna Labafero
Assessoria/Arquivo
Deputado Tarcizo Freire

Além de Luciano Barbosa (MDB), outro candidato a prefeito de Arapiraca, o deputado estadual Tarcizo Freire (PP) pode também pagar o preço (alto) por se rebelar contra o cacique de seu partido, no caso, o deputado federal Arthur Lira.

Nos bastidores, a informação que circula é que Freire já começa a perder espaço dentro da sigla ao lançar sua candidatura, mesmo sabendo do apoio de Lira à reeleição de Fabiana Pessoa (Republicanos).

Tanto no caso de Barbosa quanto no caso de Freire, o custo de chutar o pau da barraca - partidariamente falando, é claro – pode ser o indeferimento definitivo das respectivas candidaturas.

No pleito municipal passado, Tarcizo ficou em terceiro lugar na disputa para prefeitura da segunda maior cidade de Alagoas, com mais de 16 mil votos de diferença para o segundo colocado, Ricardo Nezinho (MDB). 

Este ano, sem o respaldo de um grupo político e sem o apoio de Arthur Lira, a situação do deputado estadual pode ficar ainda mais complicada, pois, na conta de Tarcizo ainda entra o seu filho, Tulio Freire, que pretende conquistar uma das vagas de vereador na Câmara Municipal.