Reprodução Facebook E5ee74e3 784c 4b81 af21 2be545cdf269 Mônica Vieira dos Santos e Mayara Dayane Vieira dos Santos

No último fim de semana, um crime bárbaro chocou os moradores da pequena cidade de São Roque, localizada no interior do Estado de São Paulo. Duas irmãs, identificadas como Monica e Mayara Santos foram brutalmente assassinadas pelo ex-companheiro de uma delas. As jovens eram de Arapiraca e há alguns anos moravam no Estado de São Paulo.

De acordo com informações, Mayara Dayane Vieira dos Santos, de 19 anos, estaria separada do acusado, identificado como Jeison Vieira Cordeiro, também de 19 anos. Ambos tinham um filho de 3 anos. Neste final de semana o casal teria se encontrado e iniciado uma discussão, uma vez que Jeison não aceitava o fim do romance e também teria tomado conhecimento que Mayara estaria se relacionando com outra pessoa.

Durante a discussão, a irmã de Mayara, a menor Mônica Vieira dos Santos, de apenas 17 anos, teria saído em defesa da irmã e acabou sendo baleada. Mayara reagiu e também foi atingida por disparos de arma de fogo. Os corpos das irmãs foram encontrados numa estrada vicinal do município de São Roque.

Nesta segunda-feira (26) a Polícia Civil de São Paulo conseguiu localizar o acusado num sítio onde trabalhava na cidade de Ibiúna. Com ele os policiais encontraram o revólver utilizado no crime e uma espingarda.

Em contato com uma familiar das jovens, a equipe de reportagem do Minuto Arapiraca recebeu a informação que antes de irem para o Estado de São Paulo as irmãs residiam no Bairro Primavera.

Elas foram sepultadas na manhã desta terça-feira (27) na cidade de São Roque.