70889b85 031d 4e0d 9386 46cd809b122a

A atriz Maitê Proença esteve em Arapiraca para participar da 1° Fliara - Feira Literária de Arapiraca. Durante coletiva a imprensa, a atriz, que chegou a ser cotada para assumir o Ministério da Cultura na gestão de Bolsonaro, soltou o verbo e chamou de covardia o que fizeram com Regina Duarte, que apoiou Jair Bolsonaro na última eleição.

“Eu tava lá quieta no meu canto fazendo minha peça e tal, e eu fiquei vendo ela levar tanta bordoada de tudo quanto era lado, e dos colegas, dos colegas que conhecem ela há 50 anos. Ela virou uma pessoa perversa da noite para o dia porque ela pensa diferente da outra pessoa” disse ela

Maitê foi ainda mais longe, disse que apesar de não gostar de política, disse que na área da cultura, ser de direita é um palavrão.

“A gente pode, a gente deve autorizar as pessoas a pensarem diferente, porque é dessa forma que acontecem as transformações, é contrapondo opiniões diferentes, se a gente ficar todo mundo falando a mesma coisa, a gente não sai do lugar, a gente não vai transformar, a gente não vai melhorar”

A atriz finalizou explicando que não votou em Bolsonaro, mas em Marina Silva , Mas que não podia ficar parada enquanto Regina Duarte era atacada.