Toneladas de feijão e arroz correm risco de ficar estragadas

  • Redação
  • 08/04/2011 05:38
  • Cidade
Angelo Farias
Geraldo Balbino

Em um estado onde a miséria e a fome assolam a comunidade, toneladas de feijão e farinha correm o risco de se perderem em armazéns da Conab em Alagoas. O alerta foi dado na manhã desta sexta-feira (08) pelo presidente do Sindicato Rural dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Arapiraca, Geraldo Balbino.

Em entrevista ao programa Comando Geral da Rádio Novo Nordeste, Geraldo Balbino contou que toneladas de feijão e farinha estão estocados em galpões e correm o risco de se perderem por falta de apoio político para a doação desses alimentos.

Em Arapiraca, existem aproximadamente três mil toneladas de farinha estocadas em um Galpão, farinha essa que poderia ser doada a famílias carentes de Alagoas. Geraldo fez um apelo aos prefeitos da região Agreste para se mobilizar e solicitar a doação desses alimentos.

O problema também se estende para outras cidades de Alagoas onde a Conab possui galpões, onde nos locais são estocados feijão e arroz, “Já procuramos ajuda em vários órgãos do estado para ajudar nesse movimento, mas é necessário o apoio de todos” declarou o presidente Geraldo Balbino.

A reportagem do Minuto Arapiraca conseguiu falar através do twitter com o prefeito Luciano Barbosa, onde o mesmo informou que toda a farinha já foi cadastrada para a distribuição. "A compra pela Conab já foi vinculada ao cadastro e em breve será realizada a distribuição", disse Barbosa.