814502a3 572c 4cb9 8e10 b411502fba41

A Operação “Diga não à Pedofilia” que foi desencadeada nesta quarta-feira (07) no município de Arapiraca e Craíbas ainda está em andamento, mas segundo o delegado Igor Diego, seis pessoas foram presas pelo crime de estupro de vulnerável. Segundo ele, um dos presos é um empresário de aproximadamente 60 anos que é acusado de estuprar uma menina de 10 anos.

Conforme o delegado disse ao Cada Minuto, há vários casos distintos, mas todos envolvem estupro. No caso do empresário, a polícia não divulgou o nome e disse que a investigação ainda está em andamento.

Além do empresário [que era amigo da família da vítima] o delegado informou que a polícia também prendeu um homem que vivia como “namorado” de uma criança menor de 14 anos.

“Eles já moravam juntos e havia consentimento. Mas, mesmo com consentimento, praticar relação com alguém menor de idade é considerado estupro de vulnerável”, explicou o titular da Delegacia Regional de Arapiraca.

Outro caso que chama a atenção é de uma menina de 11 anos que engravidou e deu à luz a um filho de um dos acusados. “A polícia também prendeu um pai que abusou da própria filha de apenas sete anos”.

Igor Diego enfatizou que todas as vítimas foram ouvidas e que os depoimentos foram colhidos. Já os envolvidos estão sendo levados para a Delegacia Regional de Arapiraca. 

A operação é fruto de uma investigação que durou três meses. O delegado reforçou que além dos seis presos, outras pessoas podem estar envolvidas e mais prisões serem efetuadas ao longo do dia.