4b2443b2 8439 4d8b 80fe eee7815db4de

A temporada 2018 do futebol brasileiro ainda vai durar cerca de mais um mês. Em Alagoas, CSA e CRB ainda estão envolvidos com a disputa do Brasileirão Série B. Em Arapiraca, no entanto, a situação é diferente. Sem futebol profissional há quase seis meses, a torcida do Maior do Agreste não sabe o que esperar do ASA em 2019.

Desde Maio, quando o clube foi eliminado na primeira fase da Série D do Brasileirão, a torcida do ASA aguarda ansiosa o início da temporada 2019. Como vem acontecendo nos últimos anos, porém, as expectativas para o ano do Alvinegro não são das melhores.

O presente: situação complicada 

Uma série de fatores faz com que a torcida do ASA possa esperar mais uma temporada complicada em 2019. Os salários atrasados, uma constante nos últimos anos da história do clube, continuam atormentando a equipe, que por não cumprir os compromissos passados, acaba comprometendo o orçamento futuro.

Por outro lado, a esperança do torcedor se renova sempre que um novo grupo assume o clube. Em novembro, o ASA elegerá seu novo presidente e também os novos conselheiros. O último presidente, Ivens Leão, renunciou ao cargo após ter assumido a presidência em Fevereiro deste ano.

A nova diretoria terá que iniciar seu trabalho pela reestruturação financeira do clube, para então pensar em voltar a conquistar bons resultados dentro de campo.

Falando sobre o que acontece dentro das quatro linhas, o ano de 2018 do ASA foi bem modesto. No Campeonato Alagoano, o Fantasma foi eliminado nas semifinais pelo CSA, sofrendo um gol aos 51 minutos do segundo tempo. Depois, a equipe conquistou a terceira colocação do estadual vencendo o Coruripe, e garantindo assim vaga no Brasileiro Série D e na Copa do Brasil 2019.

Já nas competições nacionais, o desempenho deixou muito a desejar. Na Copa do Brasil, o ASA enfrentou o Corumbaense-MS na primeira fase. Jogando por um empate, a equipe alagoana perdeu por 1x0 e deu adeus à competição – deixando de embolsar uma boa quantia pela classificação. No Brasileirão Série D, o ASA foi eliminado na primeira fase, sendo o lanterna de seu grupo com apenas quatro pontos em seis jogos.

O futuro do ASA em 2019: o que esperar? 

 

O primeiro grande desafio do ASA em 2019, já com a nova diretoria, será o Campeonato Alagoano. A equipe não conquista o título estadual desde 2011 e, mesmo com as dificuldades financeiras, tem condições de chegar às finais e bater de frente com CRB e CSA.

Para o estadual, a Federação Alagoana de Futebol já está colocando em prática um programa para melhorias e ajustes nos estádios que sediarão os jogos da competição. Entre as praças esportivas que receberão melhorias está o Estádio Municipal de Arapiraca, o Coaracy da Mata Fonseca, mais conhecido como Fumeirão.

O Campeonato Alagoano de 2019 será disputado por 8 equipes e terá início em janeiro. A tabela ainda não foi divulgada, mas a fórmula deve ser a mesma de 2018, com primeira fase, semifinais e finais.

Além da competição estadual, o Fantasma também disputará em 2019 duas competições nacionais. Na Copa do Brasil, ASA terá a chance de reviver momentos de glória, como quando eliminou o Palmeiras desta mesma competição, em 2002.

A Copa do Brasil também é a chance dos alagoanos figurarem nos principais noticiários esportivos do Brasil, bem como de dividir espaço com os gigantes em sites de apostas, como o Betway Sports.

A última competição prevista para o ASA em 2019 é o Campeonato Brasileiro da Série D. Apesar dos problemas, a intenção da equipe na competição deve ser conquistar o acesso e retornar à Série C do Brasileirão, de onde o Maior do Agreste foi rebaixado em 2017.

Não será um ano fácil, mas a torcida alvinegra arapiraquense com certeza, como sempre, estará ao lado do ASA, esperando por dias melhores.