4f204972 0ffe 469a 97ff 6d6d2c7cc10c

As três vítimas da chacina ocorrida nesta quinta-feira, dia 11, no município de Igaci, no agreste alagoano eram pai e filhos. O trio era suspeito de ter assassinado o sargento da Polícia Militar de Pernambuco, José Adeildo dos Santos, de 53 anos, em setembro deste ano, em Garanhuns.

Os corpos de Sebastião José Severo, pai, e os filhos Alexandre Porfírio Severo e Fabiano Porfírio Severo foram encontrados jogados ao ar livre.  Há suspeitas de que as vítimas tenham sido trazidas em alguns veículos e executadas no local.

Segundo a assessoria de Comunicação da Perícia Oficial do Estado os corpos de Sebastião José Severo, 57 anos, Alexandro Porfírio Severo, 34 anos e Fabiano Porfírio Severo, 29 anos "estão sendo necropsiados e serão liberados ainda hoje para sepultamento".

O caso

Na madrugada de hoje três corpos do sexo masculino foram encontrados num sítio localizado na zona rural de Igaci.

Segundo testemunhas, por volta das 3h da madrugada moradores teriam ouvido ruído de veículos passando em direção ao sítio e em seguida também foram escutados diversos disparos de arma de fogo.

A polícia foi acionada e constatou a existência de três corpos jogados na área do sítio. Equipes do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local para fazer a perícia e recolher os corpos.

Ainda não há informações sobre quem teria efetuado os disparos contra o pai e seus dois filhos.