812a1d5a c018 43a4 af26 322188392606

Nesta quarta-feira (10), as equipes da Polícia Civil da Divisão Especial de Investigações e Capturas da Polícia Civil de Alagoas (DEIC) e do Tático Integrado Grupo de Resgates Especiais (Tigre) deram cumprimento a mandados de busca e apreensão, emitidos pela Justiça na Comarca de Porto Real do Colégio, litoral sul alagoano. As ações foram comandadas pelo Delegado Fábio Costa.

Segundo informações da polícia, com os dois primeiros alvos foram apreendidos uma pistola PT 100P e um aparelho celular de uso de um policial militar da ativa, que está sendo investigado por comissão de Delegados, na prática de crime de homicídio qualificado. O crime vitimou um jovem identificado como Ednaldo da Silva Bezerra, 22 anos, no mês de setembro de 2018, na área do Posto Fiscal, Km 245, em Porto Real do Colégio.

As investigações continuam e outras providências estão sendo efetivadas pela Comissão de Delegados, de forma sigilosa.

Relembre o caso

O jovem Ednaldo da Silva Bezerra foi vítima de um atentado em um trecho da BR-101, em Porto Real do Colégio, na região do Baixo São Francisco alagoano.

De acordo informações do 11º Batalhão de Polícia Militar, uma guarnição estava fazendo rondas de rotina quando recebeu uma solicitação para acompanhar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) durante o socorro a um homem que estava ferido.

Ao chegar ao local, os militares encontraram a vítima com ferimentos provocados por tiros. Ednaldo da Silva não soube a quem atribuir o crime e nem o que teria motivado a tentativa de homicídio.

A vítima foi socorrida e encaminhada para uma unidade hospitalar localizada no município de Propriá, em Sergipe, onde recebeu cuidados médicos. Poré, o jovem não resistiu aos ferimentos e faleceu no loca.

Na mesma operação

Ainda nesta quarta-feira, dia 10, em outra ocorrência, na área do município de Porto Real do Colégio-AL, os policiais da DEIC/TIGRE conseguiram retirar de circulação mais duas armas de fogo, uma espingarda de calibre 36 e um revólver de calibre 38.

Segundo informações policiais, as armas estavam no interior da casa de um homem identificado como José Tadeu Barros da Silva, na Fazenda Cajaíba, Povoado Sobrado. O homem não foi localizado e responderá pela prática do crime de posse irregular de arma de fogo em liberdade.

De acordo com o diretor da DEIC, Delegado Fábio Costa, o suporte operacional e investigativo da Especializada, a qual comanda, está disponível para auxiliar os trabalhos de qualquer unidade policial do Estado.