05ce452e abc0 4b90 9e55 5a07abea80b5

                  “Contra fatos e Mulheres de TPM não há argumentos!!”. Frases como essa a internet está cheia. Bem, isso porque 7 entre 10 mulheres sofrem desse mal e é um tema que não interessa só as mulheres. Vamos ser sinceras: se você mesma não se suporta neste período ( Eu me incluo) imagine os nossos  namorados, maridos e filhos!? No final da história toooodo mundo, homens e mulheres, direto ou indiretamente, sofrem com a TPM. Complicado, né?

                   A Síndrome de Tensão Pré Menstrual ou, simplesmente, Tensão Pré Menstrual pode ser definida como um conjunto de sinais e sintomas físicos e psicológicos que ocorre na fase lútea do ciclo menstrual. No consultório, os sintomas mais relatados são: retenção hídrica, irritabilidade, ansiedade, sensibilidade  “a flor da pele”, fadiga, insônia, aumento ou redução do apetite, compulsão por doces.  E como aliviar esses sintomas?  A alimentação equilibrada e a utilização da Fitoterapia têm atuado na melhora da qualidade de vida das mulheres (e dos que convivem com ela, vamos deixar claro. Rsrs) nesse período.

Cromo: é um mineral que participa da secreção de insulina, desta forma, quando há carência os sintomas como: compulsão por doces, aumento do apetite podem estar exacerbados. O ideal é aumentar o consumo de alimentos ricos neste mineral ( grãos integrais, espinafre, brócolis, leite e derivados, etc) ou suplementá-lo (cromo picolinato);

 Magnésio: importante no tônus vascular, o aumento no consumo de alimentos ricos em magnésio (vegetais escuros folhosos, oleaginosas, cereais integrais e frutas e legumes) e / ou a suplementação vai favorecer aquelas pessoas que sofrem de inchaço nas pernas durante a TPM;

Vit B6:  é responsável pelo metabolismo das proteínas, dos carboidratos e gorduras, e é fundamental para o desenvolvimento do sistema nervoso central e da função cognitiva. O consumo adequado vai permitir combater a depressão e a ansiedade presentes na TPM. Fontes: semente de girassol, banana, atum, ervilha, inhame, pão de trigo integral, nozes, bife de fígado, alho, espinafre, melancia, abacate, etc.

Óleo de Prímula: O óleo das sementes de prímula é utilizado em mais de 30 países como um suplemento nutricional, contribuindo para uma boa qualidade de vida. A ingestão do óleo de prímula pode auxiliar atenuando os sintomas da tensão pré-menstrual tais, como: como irritabilidade, dores de cabeça, inchaço de seios, dores e inchaços abdominais, edema e ganho de peso.

Ômega-3:  Os peixes de água fria (salmão, arenque, atum) e óleo de linhaça são ricos em ômega-3, uma gordura que tem propriedades antiinflamatórias e contribui para a diminuição do aparecimento de espinhas e de celulite como, também, auxilia na manutenção do bom humor.

Lactobacilos :  os probióticos também são muito importante, já que um de seus benefícios é contribuir com a saúde intestinal, fazendo com que o intestino funcione regularmente e elimine toxinas (subprodutos do metabolismo).

                   Na dúvida, procure um Nutricionista. Ele vai te auxiliar nas melhores escolhas e estratégias.

 

Taina Santos, Gisely  Lopes. TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL (TPM): FITOTERAPIA BASEADA EM EVIDÊNCIAS. Revista UNINGÁ , V.24,n.3,pp.139-145 (Out - Dez 2015)

Ana Cunha et al. EFEITOS DO MAGNESIO SOBRE A ESTRUTURA E FUNÇÃO VASCULAR. Disponível  http://revista.hupe.uerj.br/detalhe_artigo.asp?id=92 em 26/06/2017.

Fabiana Aun, Marcia Pinheiro. ALIMENTAÇÃO E SÍNDROME DE TENSÃO PRÉ MENSTRUAL. Disponível http://www.mackenzie.com.br/fileadmin/Pesquisa/pibic/publicacoes/2011/pdf/nut/fabiana_vazquez.pdf em 24/06/2017.

Por: Dra. Renata Queiroz
Especialista em Emagrecimento e Nutrição Aplicada ao Esporte
Arapiraca - Clinica Santa Fé: 99681.1617 / 99104.7738
Santana do Ipanema – Clinica Santa Joana: 3621.1125
Maceió – GASTROMED (Shopping Maceió) – 3325.7470 / 3327.0136