Ângelo Farias Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Tenente Coronel Marcos Sampaio

Há quase um ano a frente do 3º Batalhão da Policia Militar de Arapiraca, foi anunciada nesta segunda-feira (28), a saída oficial do comandante Marcos Sampaio. Ele tomou posse do cargo no dia 06 de Abril de 2010, e deixará a unidade Militar de Arapiraca na próxima quinta-feira (31). Quem irá assumir o comando do 3ºBatalhão é o tenente coronel Wellington Betencourt.

Em sua posse, em abril de 2010, o Tenente Coronel prometeu combater a criminalidade em Arapiraca, mas os números não são positivos. Após sua saída, a violência continua assustadora: roubos, assaltos, homicídios e o tráfico de drogas continuam perturbando a sociedade.

O comandante afirmou também que iria trabalhar com um efetivo mais presente nas ruas, e um policiamento mais ostensivo, porém esbarrou na falta de estrutura como a falta de viaturas e homens para atender a demanda do município e sua região metropolitana.

O comandante deixa Arapiraca após quase um ano a frente do 3º Batalhão sem obter a popularidade e o carisma dos arapiraquenses, diferente de seus antecessores, Paulo Amorim e Marinho. Ainda não foi informado o novo cargo do comandante, que deverá retornar a capital Alagoana.

Novo comando

A solenidade de troca de comando do 3º Batalhão da Polícia Militar de Arapiraca acontece na próxima quinta-feira (31), a partir das 8h. O coronel Wellington Bittencourt assumirá o lugar do coronel Marcos Sampaio.

Esta será a segunda mudança do comando do BPM de Arapiraca em menos de um ano. Em abril do ano passado, após 18 meses no comando, o tenente-coronel João Marinho passou o cargo para Marcos Sampaio, que até então chefiava o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) em Maceió.

O coronel Wellington Bittencourt já comandou o 10° Batalhão da Polícia Militar, em Palmeira dos Índios, e recentemente atuava na chefia da Rádio Patrulha, em Maceió. O destino do coronel Marcos Sampaio ainda não foi informado.

A reportagem do Minuto Arapiraca tentou entrar em contato com o comandante, mas ele não foi encontrado.