Uma em três pessoas tem risco cardíaco elevado, diz secretaria

  • gilcacinara
  • 02/07/2009 15:59
  • Saúde
De acordo com resultado parcial do primeiro dia do mutirão do coração realizado em São Paulo, uma em cada três pessoas tem risco cardíaco elevado. As informações são da Secretaria de Estado da Saúde do Estado com base em 35 mil atendimentos realizados durante a campanha da pasta em parceria com a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp) e as secretarias municipais de Saúde da capital paulista e de Campinas.

As mulheres representaram 64% do total de atendimentos nas unidades de saúde. Das pessoas atendidas, 33% foram avaliadas com alto risco cardíaco, indicando chance superior a 20% de sofrer um enfarte. O Mutirão do Coração prossegue no sábado com avaliações gratuitas das 9h às 17 horas. A expectativa é atender 150 mil pessoas nesta primeira edição do projeto, considerada piloto para a secretaria. Não é necessário agendamento prévio. Os interessados em passar por avaliação devem comparecer na unidade de saúde participante com CPF ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).