Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Os preparativos começaram ainda em fevereiro deste ano. E o resultado não poderia ser outro: as cores e as caras do Nordeste estavam todas lá, estampadas dentro do palhoção do Arraiá Bom Conselho, no bairro Manoel Teles, em Arapiraca, dando início ao maior São João comunitário do Brasil, neste domingo (8).

Logo na entrada da Rua Bom Conselho – que aliás dá nome ao arraial –, uma fotografia do homenageado não somente da Prefeitura de Arapiraca, mas também da comunidade: o radialista e poeta Zé do Rojão sentado ao sofá.

O clima era justamente este, de que a cultura nordestina repousava naquele recinto, tomado por uma vila cenográfica repleta de carroças, poços d'água, Casa do Coroné, fogueiras, Estúdio Zé do Rojão, delegacia, igreja, praça, casa da costureira e brincadeiras alusivas ao sítio como pesca e jogo de argolas.

Segundo o organizador do Arraiá Bom Conselho, há 23 anos esta festa acontece no local. "Nesta mesma rua, diga-se. É um trabalho que a gente vem pontuando, ano após ano, para unir mais a comunidade, para que haja esta integração dos moradores que vocês estão vendo. Mesmo se não fôssemos participar deste 12º Concurso de Resgate às Tradições Juninas, iríamos pedir permissão para fechar essa via e realizar o festejo, de todo modo, para não deixar esse sentimento ir embora", conta Odilon Tenório.

Em cena, houve apresentações para os membros da Comissão Julgadora do São João de Arapiraca 2014 com as meninas do xote "Cheiro da Carolina" e da "Dança da Peneira". Logo na sequência, o grupo de coco de roda Balança Mas Não Cai fez uma performance que deixou a todos convencidos de que o resgate está sendo apoiado pela prefeita Célia Rocha (PTB) e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur).

A equipe da secretaria estava no arraiá, prestigiando a abertura do São João nas comunidades. "E é isso que queremos. O povo na rua, enchendo as calçadas de Arapiraca de tradição e resgate cultural genuíno. É muito importante todo este envolvimento para manter vivo o Nordeste em nossos corações", diz a secretária da Sectur, Tânia Santos.

Aconteceu ainda sorteio de balaios juninos para os moradores do Manoel Teles, bem como o desfile da Rainha do Milho. Seis belas garotas da comunidade dançaram em meio ao palhoção, mas foi somente uma que levou o título 2014: a jovem Rikelly Félix.

Dando prosseguimento à programação, a quadrilha matuta Arrochadinho protagonizou um bem-humorado casamento e deu uma demonstração de alegria pulsante com suas coreografias. Para os jurados, foi dado um brinde com comidas típicas e ainda um livreto ensinando a fazer tapioca, pamonha, pipoca, canjica, milho assado e cozido, bolo de macaxeira, vinho quente com e sem álcool, quentão, suco de milho, chocolate, bolo de milho e choconhaque.

O concurso nas comunidades terá sequência já nesta terça-feira (10) com o Arraiá Rojão do Nordeste, no bairro da Canafístula, também homenageando um dos maiores baluartes da nossa cultura, o radialista e poeta Zé do Rojão. Na abertura do São João do Mercado - Especial Zé do Rojão também ocorreu reverências a ele (veja aqui).

Programação em Arapiraca

O cronograma dos arraiais comunitários é:

8 de junho: Arraiá Bom Conselho (Manoel Teles);
10 de junho: Arraiá Rojão do Nordeste (Canafístula);
11 de junho: Arraiá Fogo de Palha (Senador Teotônio Vilela);
12 de junho: Arraiá Pé de Serra (Vila São José);
13 de junho: Arraiá das Paineiras (Jardim das Paineiras);
14 de junho: Arraiá Cavacultura (Cavaco);
15 de junho: Arraiá Tire o Pé do Chão (Brasília);
17 de junho: Arraiá A Força da Massaranduba (Massaranduba);
18 de junho: Arraiá ASA (Bom Sucesso);
19 de junho: Arraiá Capim Canela (Vila Capim);
20 de junho: Arraiá Aí Dento Tem Festa no Sítio (Primavera);
21 de junho: Arraiá Pisoteio (Batingas);
22 de junho: Arraiá Matuto Macho (Jardim Esperança);
23 de junho: Arraiá Arrocha o Nó (Senador Nilo Coelho);
24 de junho: Arraiá Banaluar (Vila Bananeira);
25 de junho: Arraiá Caxi na Roça (Poção);
26 de junho: Arraiá Luar do Sertão (Zélia Barbosa Rocha);
27 de junho: Arraiá do Gonzagão (Baixão);
28 de junho: Arraiá Forró na Roça (Vila São Francisco); e
29 de junho: Arraiá Aracajana (Cajarana).

E no São João do Mercado - especial Zé do Rojão:

06/06: Abertura do São João do Mercado/ quadrilha Banaluar/ banda Forrofiando;
07/06: Afrísio Acácio do Acordeon/ quadrilha Sanfona Branca (Coité do Nóia);
08/06: Davi Pé de Serra;
13/06: Mário Maia;
14/06: Radielson/ Grupo Teatral Hermeto Pascoal/ quadrilha Novo Styllo;
15/06: Bastinho da Sanfona/ quadrilha Pisoteio;
19/06: Trio Ouro Preto;
20/06: Dadá da Sanfona;
21/06: Miguel Vieira/ quadrilha Forró na Roça;
22/06: Severo do Acordeon;
26/06: Severino do Papel;
27/06: Ditinha da Sanfona;
28/06: Souza do Acordeon; e
29/06: Zé Moreira/ Zé Antônio.