Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Figura frequente nos carnavais do Brasil desde a década de 1930, o Rei Momo é a personificação da alegria em nossa cultura. Este ano, ele foi um representante da Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Arapiraca (AAPIAR) e recebeu a chave da cidade nesta sexta-feira (14).

Com o empenho da prefeita Célia Rocha (PTB), este ano o resgate do Carnaval se faz ainda mais presente no Folia de Rua por serem apenas permitidas orquestras de frevo, ao invés de carros com som mecânico.

Mantendo desta forma a tradição, o secretário adjunto de Cultura e Turismo (Sectur), José Ailton Cavalcante Jr., o Júnior Balla, entregou a chave em evento realizado no Mercado do Artesanato Margarida Gonçalves, simbolizando que o Rei Momo “governa” o município até a Quarta-Feira de Cinzas.

Cícero Barbosa, a majestade momesca de Arapiraca, se disse contente em poder levar adiante uma festa tão bonita como esta.

Além dele, foram coroadas também a rainha e a princesa do Carnaval, respectivamente, Cícera Rodrigues e Fátima Farias, também da AAPIAR, ao som da orquestra de frevo do músico Jorginho, aquecendo o público presente para o grande encontro de blocos no dia posterior, sábado (15), em percurso que vai da Avenida Ventura de Farias, bairro do Baixão, até o cartão-postal Lago da Perucaba.

A concentração acontece às 15h, a contar com 30 blocos repletos de foliões que este ano retomam ainda mais esta folia vivida em carnavais de outrora, cantando marchinhanesta que é a maior prévia do interior alagoano.

Segundo o comando do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o efetivo já está escalado, incluindo novos recrutas que farão trabalho de campo durante todo o sábado. Agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) também devem dar suporte no entorno da festa, fechando ruas a partir de 13h.

Às margens do Lago da Perucaba, foi montada uma estrutura que irá comportar o show da orquestra de frevo que tem à frente o músico Jorginho, ex-Cio da Terra.

“Com certeza, será um espetáculo de cores nas nossas avenidas! Vamos pular, brincar, soltar a voz, curtindo o que a vida tem de bom, mas sempre respeitando o próximo e tendo cuidado com os excessos. Temos a estimativa de que mais de 15 mil pessoas participem do Folia de Rua deste ano”, diz a secretária da Sectur, Tânia Santos, ressaltando que esta é a primeira vez que, dentre os 30 blocos, dois são exclusivamente de crianças – o Recrear Pira na Folia e o Karambola.

“O Folia de Rua, devo acrescentar, é uma festa democrática, pois nós, do bloco da Adfima, iremos participar com muita animação. A prefeita Célia Rocha abre espaço para todos os arapiraquenses brincarem na paz”, diz Adriano Targino, à frente da Associação dos Deficientes Físicos e Mentais de Arapiraca (Adfima).