Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Banda Gato Negro

O sonho de se apresentar ao vivo em um festival de porte é o de muitas bandas que estão começando. Com o intuito de alavancar a carreira de grupos de Arapiraca, a comissão organizadora da 4ª edição do Viva Arapiraca inovou neste 2013.

Além de promover artistas que tem certa estrada percorrida no meio musical a contar com uma gravação de CD e DVD no dia de abertura do evento, este ano, a prefeita Célia Rocha (PTB) determinou que fosse ofertado um espaço para que um leque de oportunidades fosse aberto para bandas locais.

Com um edital lançado no último dia 18 deste mês, convocaram-se excepcionalmente os  artistas e grupos do município para difundir seus trabalhos nos palcos alternativos do Viva. Alguns dos requisitos eram ter mais de 12 meses de banda e que o estilo musical apresentado permeasse o pop, o Rock N' Roll ou o rock alternativo.

Após avaliação durante estes sábado (26) e domingo (27), a Comissão de Análise e Mérito Artístico-Cultural listou os seguintes grupos para inédita apresentação no Palco Perucaba, no dia 14: Lourenço, Zé Dules, Marcelo Vieira, Elaine Kundera, Paulinho Nunes, Nelsinho Silveira, Eribério, César Soares, Dira Lino e Jorginho, com pontuação média de 84 pontos.

Já no Palco Planetário, com suas referidas pontuações, foram escalados: Janu e os Matutos Urbanos, com 91,7 pontos; Sra. Rita, com 88,8; Gato Negro, com 87,7; The Other Side, 79,9; Sub Produto de Rock, 77,1; e João Felipe e banda Ojira, 76,9. O resultado pode ser lido na íntegra aqui.

O processo de seleção analisou os seguintes critérios, pontuados no item 7.1 do Edital Convocatório 002/2013 – Sectur – IV Festival Viva Arapiraca: adequação da proposta ao objeto do edital; qualidade técnica e/ou artística da equipe principal; currículo do proponete – pessoa física ou jurídica; histórico do grupo ou artista; apresentação de mapa de palco e rider técnico; qualidade do projeto; viabilidade prática da apresentação; e repertório.

Os integrantes das bandas ou proponentes dos formulários de inscrição neste edital do Viva Arapiraca têm, devido ao ponto facultativo desta terça-feira (29) e feriado de Emancipação Política de Arapiraca (30), até esta sexta (1º) para entregar documentação de contrato na sede da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), no Centro Administrativo Antônio Rocha, bairro de Santa Edwiges, das 8h às 13h.

Eles devem levar, se pessoa física, xerox de RG e CPF (ambos autenticados), xerox de comprovante de residência, título de eleitor e comprovante de votação na última eleição e certidões negativas de débitos com receitas federal e municipal – esta consulta pode ser feita diretamente neste link.

No âmbito da pessoa jurídica, células de CPF e RG autenticadas do dirigente e de sua empresa, o registro comercial, no caso de empresa individual; estatuto ou contrato social em vigor, no caso de sociedade; comprovante de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurítica (CNPJ); prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, se houver (ICS e ICMS); certidões negativas de débitos com receitas federal, estadual (se houver) e municipal; certidão negativa do FGTS; e certidão negativa de dívida ativa da União.

No ato do contrato a ser assinado, é interessante que a banda ou o artista leve um release e fotos em boa qualidade para divulgação em mídias impressas, radiofônicas, televisivas e virtuais por parte da assessoria do festival.

No total, 21 bandas se inscreveram. Segundo a secretária Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), Tânia Santos, algumas das que não foram selecionadas para fazer performance no Palco Planetário podem ser escaladas para edição especial do projeto "Som do Mercado", no Mercado do Artesanato Margarida Gonçalves, em alusão ao Viva. A lista deve sair ainda esta semana no site oficial da prefeitura.

Já no Palco Perucaba, montado às margens do Lago da Perucaba, além do dia 14, as atrações são os alagoanos da Cachorro Urubu, trazendo grandioso show-tributo a Raul Seixas, e os cariocas do Detonautas Roque Clube, no dia 15 de novembro; os regueiros da Vibrações, a lançar novo CD e comemorar 15 anos em plena Semana da Consciência Negra, e o ex-titã Nando Reis, no dia 16; e missa campal, contando com milhares de fiés de mais de 35 paróquias da diocese de Penedo e show do Ministério Amor e Adoração. Gratuito, o festival tem datas marcadas para os dias 14, 15, 16 e 17 deste mês e espera mais de 200 mil pessoas nesta temporada.