Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Os representantes do Conselho Municipal Provisório de Transportes e Trânsito de Arapiraca aprovaram, no fim da tarde desta terça-feira, novas mudanças no tráfego de veículos na área urbana da cidade.

As medidas foram apresentadas durante reunião ocorrida no Centro Administrativo Municipal e que contou com a presença do prefeito Luciano Barbosa (PMDB); superintendente de Transportes e Trânsito, Severino Lúcio, além de diretores de empresas de transporte coletivo, representantes da associação dos taxistas e de moradores, secretários de governo, vereadores, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Facomar.

Durante a reunião foi apresentado um relatório acerca dos pontos mais críticos do tráfego na cidade. Em seguida, os conselheiros apresentaram sugestões e ficou definido que serão adotadas, a partir desta quarta-feira (16), modificações no sentido na circulação de veículos nos trechos entre as ruas Geraldo Lira e Nossa Senhora de Fátima, além de mudanças nas ruas 15 de Novembro e São Francisco, com a colocação de faixas proibindo o estacionamento nos dois lados da artéria.

Os conselheiros ainda aprovaram mudanças na Rua Dom Jonas Batinga, no bairro São Luís. Que terá apenas um lado livre para o estacionamento de veículos.

Zona Azul

Outro ponto discutido na reunião teve como centro dos debates a implantação da Zona Azul. Por determinação do prefeito Luciano Barbosa (PMDB), o superintendente de Transportes e Trânsito, Severino Lúcio, foi autorizado a contratar uma consultoria técnica do Estado de São Paulo para elaborar estudos e projetos voltados à modernização do trânsito na área central da cidade, com a criação da Zona Azul.

O engenheiro eletrônico Marcos Viana, que é responsável pelo projeto, estará em Arapiraca no início do próximo mês de abril, para apresentar o projeto aos membros do Conselho.

De acordo com os estudos, na área central da cidade serão criados locais para promover o estacionamento rotativo de veículos, racionalizando o uso do solo em áreas muito movimentadas, permitindo maior oferta nas vias de intensa movimentação de veículos e pedestres no centro de Arapiraca.

Serão criadas vagas para estacionamento de veículos. O projeto da Zona Azul, além de evitar congestionamento de veículos, também vai disciplinar o trânsito e democratizar o acesso aos espaços públicos na cidade.

O novo sistema será gerenciado por empresa especializada no setor e contará com o apoio de agentes da SMTT de Arapiraca. O projeto está sendo analisado pela Procuradoria do Município e , como parte da etapa de implantação, deve abrir processo de licitação para a escolha da operadora do sistema, que será totalmente informatizado com avançados equipamentos de automação rodoviária.