A Câmara de Vereadores de Arapiraca aprovou na terça-feira, dia 22 de março, o Projeto de Lei apresentado pelo Vereador Daniel Rocha, que obriga a Prefeitura Municipal de Arapiraca, a só fazer licitações com construtoras que utilizem madeiras e subprodutos legalizados, por intermédio de licença fornecida pelo IBAMA.

O Vereador afirma que o principal objetivo desse projeto é minimizar os estragos causados pelo desmatamento, tendo em vista que 86% da extração de madeira é irregular e menos de 10% de toda a madeira comercializada não degrada o meio ambiente e os dois órgãos federais responsáveis por identificar e coibir a atividade madeireira clandestina se declaram incapazes de cumprir a tarefa.

Nas declarações feitas no plenário da Câmara de Vereadores, Daniel Rocha afirmou que ”o ritmo do desmatamento é crescente e impressiona, e que se as 5 mil Câmaras de Vereadores do Brasil apresentassem essa lei e exigissem seu cumprimento, estaria se dando uma grande contribuição para a diminuição do desmatamento em nosso pais” afirmou ainda que é imprescindível preservar o meio ambiente, mostrando a importância do consumo de madeira legalizada, e também da proteção das florestas e preservação do meio ambiente, promovendo assim, através de atitudes como essa, a sustentabilidade nos processos de exploração, comercialização e consumo de produtos florestais, garantindo a continuidade de abastecimento de matéria-prima sem comprometer as florestas.