E95e01d3 bb62 47df af73 b2bb07862397

Na manhã desta terça-feira (10), durante operação policial deflagrada na capital sergipana e na cidade de Girau do Ponciano, Agreste alagoano, três irmãos foram presos acusados de tráfico de drogas e de envolvimento na morte de um homem. 

As prisões de Luciano Cerqueira da Silva, Cristiano Cerqueira da Silva e Talvane Cerqueira da Silva foram representadas pelo delegado regional de Arapiraca, Thiago Prado, em cumprimento a mandados expedidos pelo juiz Jandir de Barros Carvalho, da 8ª Vara Criminal de Arapiraca. 

Dentre os diversos crimes praticados, além do homicídio de Tiago Simplício de Sousa, os irmãos Luciano e Cristiano respondem a processos pelos delitos de tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo, furto qualificado e tráfico de drogas na Comarca de Arapiraca e outro homicídio qualificado, na comarca de Batalha.

Homicídio

Tiago Simplício de Sousa foi assassinado a tiros no dia 30 de janeiro deste ano, no sítio Lagoa Torta, nas proximidades da Cidade de Maria, zona rural de Craíbas, Alagoas. Luciano é acusado de ser o mandante do homicídio de Tiago Simplício de Sousa, enquanto seus irmãos Talvane e Cristiano foram os executores do crime.

De acordo com a polícia, a motivação do crime estava relacionada a dívidas com o tráfico de drogas, uma vez que a vítima já respondia pelo crime e havia saído do presídio poucos dias antes do homicídio.

Ainda segundo a investigação, houve discussão entre a vítima e os irmãos Luciano Cerqueira da Silva, Cristiano Cerqueira da Silva e Talvane Cerqueira da Silva.