Ed8576e8 bdf3 4598 85f7 1f9441d667da

O número de atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito, no Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca, teve uma leve diminuição durante o período da greve dos caminhoneiros.

Conforme relatório divulgado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), entre os dias 17 e 23 de maio foram 146 pacientes atendidos por conta de acidentes no trânsito e 134 de quedas e colisões de motos nas ruas e principais estradas da região.

Entre os dias 24 e 30 de maio, período da greve dos caminhoneiros e da falta de combustíveis nos postos, foram registrados 126 atendimentos a vítimas de acidentes no trânsito e 119 de quedas e colisões de motos.

Os dados mostram que, por conta da falta de combustíveis, os veículos passaram a circular com menor intensidade nas estradas do Agreste e Sertão de Alagoas.

Em razão disso, o levantamento feito nesta quarta-feira (30), no Hospital de Emergência Daniel Houly, aponta redução  de 15% e 12%, respectivamente, no número de acidentes com carros e motos, em comparação à semana anterior aos protestos dos caminhoneiros.