43d585af 2199 4ff1 8c85 3e954d48a824

O prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB), resolveu entrar com um processo contra o apresentador de TV, Vytor Ferro, que tem um programa pago na TV Pajuçara, afiliada da Rede Record em Alagoas. Ele deve responder pelos crimes contra honra, calúnia, difamação e injúria.

 

O advogado Bruno Henrique Cavalcante apresentou uma queixa-crime (ação penal privada) em desfavor de Vytor Ferro por conta de algumas fotos publicadas por ele nas redes sociais. O conteúdo destas imagens não foi informado pela defesa de Teófilo. 

 

Suplente

 

Vytor Ferro foi candidato a vereador por Arapiraca na eleição de 2016 quando obteve apenas 625 votos (0,57%) pelo antigo PMDB na coligação “Arapiraca, Juntos por novas Conquistas” que tinha como candidato a prefeito o deputado Ricardo Nezinho, segundo colocado naquele pleito. O processo contra o apresentador de TV (0702601-97.2018.8.02.0058) tramita pela 8ª Vara Criminal da Comarca de Arapiraca e tem como juiz titular Jandir de Barros Carvalho.

 

Denúncia

Recentemente, Vytor Ferro gravou um vídeo e publicou nas redes sociais onde faz a denúncia de que o Telecentro de Arapiraca, inaugurado no início deste ano pelo prefeito Rogério Teófilo, não estaria funcionando. Tal fato fora desmentido no mesmo dia pelos vereadores Pablo Fênix (PRB) e Jário Barros (PRP) que estiveram na unidade, no Olho D’Água dos Cazuzinhas, e confirmaram que a informação era falsa.

De acordo com os vereadores, os vídeos foram gravados em momentos em que o local estaria realmente fechado, como no segundo horário ou nas primeiras horas da manhã. Também naquele mesmo dia, uma representante da comunidade concedeu entrevista a uma emissora de rádio local para confirmar que a informação não procedia.