9e537347 50f5 4523 bdf9 39038f4d3cd2

No final da tarde desta terça-feira (10) policiais civis da 4ª Delegacia Regional de Polícia prenderam pai e filha, acusados de tráfico e associação ao tráfico de drogas. 

A equipe teria recebido uma informação oriunda do setor de inteligência do GECOC, dando conta que possivelmente um indivíduo que estaria preso na Casa de Custódia de Arapiraca iria comercializar uma quantidade aproximada de 10 quilos) de maconha, a qual seria transportada por uma moça. As informações davam conta que essa venda ocorreria nas imediações de uma agência da Caixa Econômica Federal, situada no bairro Santa Edwiges, em Arapiraca.

Com a informação em mãos, os policiais se dirigiram até o local e avistaram Williane da Silva Santos, que estava em atitude suspeita e portando uma caixa de papelão. Ao realizarem a abordagem, os policiais encontraram vários tabletes de maconha dentro da caixa, que somavam aproxidamente dez quilos.

Ao ser interrogada, a jovem confessou aos policiais que estava revendendo a droga para o seu pai, Josemy Barros dos Santos, que já encontra-se preso na casa de Custódia de Arapiraca. Ela informou ainda que toda a logística foi coordenada pelo pai, de dentro da Casa de Custódia, através de um aplicativo de bate papo.

Em continuidade a diligência, a equipe da 4ª DRP, sob o comando do delegado Thiago Prado, digiriu-se até a Casa de Custódia, onde foi realizada uma revista minuciosa na cela de Josemy. Lá foi encontrado o aparelho celular utilizado pelo custodiado.

Williane e o pai, Josemy, foram autuados em flagrante delito pelo crime de tráfico e associação para o tráfico de entorpecentes.